Páginas

14 de setembro de 2010

O Absolutismo


Durante o feudalismo, os reis possuíam o poder de direito, mas não de fato.
A centralização do poder foi um processo lento e gradativo, concretizado a partir da aliança entre os reis e a burguesia.
Foram elaborados várias teorias que forneceram a base ideológica do Regime Absolutista.
Exemplos:
Nicolau Maquiavel - foi o maior expoente, em sua obra O Príncipe afirma que um rei deve usar de todos os meios para governar: "Os fins justificam os meios."
Thomas Hobbes - em sua obra Leviatã afirmou que o rei deve estar investido de autoridade ilimitada.
Hugo Grotius - fundou a teoria do direito internacional por meio da obra Direito da Paz e da Guerra.
Jacques Bossuet - em sua obra Política Segundo as Sagradas Escrituras, o poder do rei é a vontade de Deus.
Jean Bodin - afirma em sua obra República que o poder do rei tem origem divina ("Direito Divino").


Postar um comentário