Páginas

9 de junho de 2012

Com três gols, Messi quebra tabu de 30 anos e se junta a carrasco e a 'recordista' polonês

por Thiago Arantes, da redação do ESPN.com.br


Marcar três gols em um jogo é um feito raro, especial para qualquer jogador. Marcar três gols na seleção brasileira é algo ainda mais difícil, privilégio de um grupo seleto, que não completaria um time. Foi o que Messi fez neste sábado, na vitória por 4 a 3, em amistoso na cidade de New Jersey.

O craque argentino é apenas o nono jogador da história a balançar as redes pelo menos três vezes diante da seleção brasileira em uma mesma partida. É, também, o primeiro em 30 anos a alcançar o feito. O último foi justamente o mais famoso carrasco da equipe nacional: o italiano Paolo Rossi, que marcou todos os gols da Azzurra nos 3 a 2 que eliminaram o Brasil no Mundial da Espanha. 


Para lembrar dos maiores carrascos da seleção brasileira antes de Messi e Rossi, é preciso voltar muito no tempo. Nos anos 1960, o tcheco Adamec e o belga Steckman conseguiram o feito; na década de 1940, o argentino Peucelle também anotou três gols. 


Neste sábado, Messi quebrou tabu que durava 30 anos
Neste sábado, Messi quebrou tabu que durava 30 anos 
Crédito da imagem: EFE

Paolo Rossi marcou três contra o Brasil na Copa de 1982
Paolo Rossi marcou três contra o Brasil na Copa de 1982
Crédito da imagem: Reprodução
Em 1934, o iugoslavo Marjanovic também fez três gols contra o Brasil na impressionante goleada por 8 a 4, em um amistoso histórico – jamais a seleção sofreria tantos gols quanto naquela partida. E, em 1925, o argentino Seoane foi o primeiro a conseguir o feito, em duelo pela Copa América. 

Aos sete artilheiros citados acima, juntam-se o lendário argentino José Sanfilippo, um dos maiores goleadores do país em todos os tempos, ídolos das torcidas de San Lorenzo e Boca Juniors, e com passagem também pelo Bahia. Ele fez três gols na goleada por 4 a 1, em 1959.

E, se os oito acima marcaram três gols contra o Brasil, há um jogador que foi além: trata-se do polonês Ernst Willimowski, que marcou quatro vezes no eletrizante Brasil 6 x 5 Polônia, um dos maiores jogos da história das Copas do Mundo, disputado na França, em 1938.
Apenas o polonês Ernst Willimovski marcou quatro vezes na seleção
Apenas o polonês Ernst Willimovski marcou quatro vezes na seleção
Crédito da imagem: Reprodução
Willimowski, que defendeu também a seleção alemã, e morreu aos 81 anos, em 1997, alegando ter marcado 1.175 gols, o que faria dele o recordista de gols entre os jogadores europeus em todos os tempos.

Veja abaixo a lista de jogadores que marcaram três vezes contra o Brasil:
2012 – Lionel Messi – 3 gols (Argentina, amistoso)
1982 – Paolo Rossi - 3 gols (Itália, Copa do Mundo)
1968 – Adamec – 3 gols (Iugoslávia, amistoso)
1963 – Steckman – 3 gols (Bélgica, amistoso)
1959 – Sanfilippo – 3 gols (Argentina, amistoso)
1940 – Peucelle – 3 gols (Argentina, Copa Roca)
1938 – Ernst Willimowski – 4 gols (Polônia, Copa do Mundo)
1934 – Marjanovic – 3 gols (Iugoslávia, amistoso)
1925 – Seoane – 3 gols (Argentina, Copa América)
Fonte: ESPN BRASIL
Postar um comentário